Project Description

Natividade e Adolescência de São Roque

Este quadro faz parte de um conjunto de quatro tábuas dedicadas à vida e lenda de São Roque, e que constituíam o retábulo-mor da antiga Ermida de São Roque, construída em 1505, no local onde hoje se ergue a igreja jesuítica da mesma invocação.

O culto a São Roque partiu de França e de Itália, no século XV, estendendo-se rapidamente a toda a Europa, incluindo Portugal, o que se explica pelas recorrentes epidemias de peste que marcaram a História do velho continente até ao século XVI. No final do século XV, São Roque foi incluído no Martirológico, pelo Papa Gregório XIII, no final do século XVII, foi canonizado, pelo Papa Urbano VIII.

Nesta que seria a primeira tábua do conjunto podemos observar, em primeiro plano, a representação do nascimento de São Roque. Do lado esquerdo da composição podemos observar a mãe de São Roque que recupera do parto deitada num leito e uma ama que lhe oferece uma sopa. Ao centro, uma mulher prepara o banho do recém-nascido, que segura ao colo, mostrando-o ao pai e a outras duas figuras masculinas. A marca da cruz no peito da criança identifica-a como sendo São Roque.

Ao fundo, do lado direito, inserido num quadro dentro do quadro, podemos observar a representação do momento da vida de São Roque em que este abdica de todos os seus bens materiais e parte em peregrinação: São Roque, envergando a capa e o chapeirão de peregrino, distribui esmolas a um grupo de pobres que se ajoelham, num gesto de agradecimento.

Natividade e Adolescência de São Roque
DETALHES

AUTOR

Jorge Leal/Cristóvão de Utreque

LOCAL/DATA

Portugal, c. 1520

MATERIAIS

Óleo sobre madeira

DIMENSÕES

128 x 119 cm

INV

Pin.52