Inaugurada obra de restauro da Capela Dourada da Misericórdia de Santarém

31 maio 2021

A Capela dos Terceiros de São Francisco, mais conhecida como Capela Dourada, da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, foi alvo de obras de restauro e reabilitação, financiadas pelo Fundo Rainha D. Leonor, que envolvem o altar-mor, as molduras e as telas daquele espaço religioso.

Foi inaugurada esta segunda-feira, 31 de maio, a Capela Dourada, património secular pertencente à instituição, após obras de restauro e limpeza. A intervenção que foi avaliada em 150.000€ teve um apoio do Fundo Rainha D. Leonor no valor de 109.776,27€.

As obras de reabilitação, que começaram no início de junho, permitiram restaurar e requalificar o altar-mor, de estilo barroco, as molduras e respetivas telas com representações de Santos da Ordem Franciscana. Os trabalhos incluíram ainda a criação de um circuito de visita e um novo projeto de luminotecnia.

Mandada construir pela Irmandade da Ordem, em 1666, e classificada como monumento nacional, a Capela Dourada, antes aberta a oração e visita, foi encerrada por apresentar danos nos suportes e sinais de degradação, que comprometiam a estabilidade física e a leitura formal e estética da estrutura.

O Fundo Rainha D. Leonor foi criado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, em parceria com a União das Misericórdias Portuguesas, para apoiar os valores e as atividades das Misericórdias de todo o País, no princípio da autonomia cooperante.

Capela Dourada da Misericórdia de Santarém