O Roadshow Digital da Casa do Impacto, dividido em três core Series – Innovation, Acceleration e Investment – em que cada uma foca 1 ponto essencial na jornada do Empreendedorismo, consiste numa série de eventos 100% online promovidos pela Casa do Impacto/SCML e abertos a toda a Comunidade. O Roadshow teve início no mês de abril e acompanha os meses de maio e junho.

Na terça-feira, dia 19 de Maio, contámos com a colaboração de Miguel Teixeira, Founder e CEO da Idea-Ninja, para mais uma sessão, de seu nome Acceleration 101: Inside Look Into an Acceleration Program (clica aqui para veres o vídeo da sessão).

O Miguel é uma figura bem conhecida no ecossistema da Casa do Impacto, participando ativamente nos programas de aceleração já realizados. A Casa do Impacto está a ultimar os detalhes da próxima edição, com candidaturas aberto até dia 5 de Junho (aqui).

No início do mês, na sessão de abertura da Acceleration Series (clica aqui para veres o vídeo da sessão), na qual ficamos a conhecer mais sobre a história, evolução e futuro do ecossistema do Empreendedorismo em Lisboa, podemos verificar que a cultura das startups veio, viu e venceu no nosso país. Este boom trouxe com ele a criação de vários players, entre eles encontramos as Aceleradoras ou os programas de Aceleração.

Este foi o foco da sessão de dia 19, na qual o Miguel partilhou com toda a Comunidade a inside information que detém acerca do processo prático do que é entrar num destes programas. As Aceleradoras têm o objetivo de impulsionar empresas em early stage com potencial de crescimento, sendo assim uma das vias para lançar ou fazer crescer uma startup de sucesso.

A experiência que um programa de Aceleração confere é única. É uma experiência de aprendizagem intensa e imersiva, na qual os participantes têm a oportunidade de aprender a um ritmo acelerado. Não sendo por acaso que se chamam Aceleradoras!

Como guiado pelo Miguel, o processo inicia-se (claro está!) com o envio de uma candidatura (aqui), que depois entra num processo de seleção mediante o qual é escolhido um grupo de candidatos para um bootcamp de fim-de-semana (nesta edição digital), que culmina com a seleção dos 10 projetos que iniciam o programa de aceleração.

A abordagem da equipa Rise for Impact para este processo de aceleração foi escrutinada pelo Miguel Teixeira, na apresentação. Tendo como base o programa do ano passado, os trabalhos dividem-se em aulas teóricas, mentorias one-on-one, masterclasses cobrindo temas como Contratação Pública, Fiscalidade, Proteção de Dados, entre outros, e por fim, sessões de apoio à execução, ocupando estas a maior fatia temporal do programa.

Esta primeira fase, com a duração de 3 meses, segue uma lógica de desafios nos quais, através de momentos de apresentação-discussão, se cimentam os conhecimentos aprendidos até ao momento, e termina no Demo Day. No Demo Day são selecionados os 3 finalistas que passam para a Incubação, e destes sairá um grande vencedor.

Mas como sublinhado pelo Miguel: o verdadeiro prémio são as relações criadas!

É de sublinhar que devido à situação atual, a edição deste ano contará com algumas restrições e medidas de segurança, as quais a equipa da Casa do Impacto se esforçará por fazer com que tenham o mínimo de impacto na experiência dos participantes.

Como nota final, um obrigado a todos os convidados do Roadshow até agora, que através da sua participação, contribuíram para que a Impact Community se torne mais coesa a cada dia que passa. Para ficares a par de todas as novidades e eventos da Casa do Impacto segue-nos nas nossas redes sociais e não te esqueças de subscrever à nossa newsletter mensal!