É já dia 8 de março que encerra o período de candidaturas ao Santa Casa Challenge, após dois meses de intenso roadshow.

“Como podemos promover conhecimento, ações e respostas das comunidades às alterações climáticas?” é o desafio da nova edição que foi lançada em novembro, durante a presença da Casa do Impacto na Web Summit.

Nesta 4ª edição, o concurso procura soluções inovadoras de base tecnológica e digital, que respondam aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis, 12 – Consumo e Produção Sustentáveis e 13 – Ação Climática.

Do norte ao centro-sul do país, o roadshow passou por cidades com fortes pólos universitários de base tecnológica e redes de incubadoras, promovendo talks entre os participantes e líderes das startups convidadas.

Nas talks foram discutidos os desafios para a sustentabilidade do planeta e para as startups que procuram oferecer soluções inovadoras em áreas como a economia circular e reutilização têxtil, a agricultura de precisão e produção alimentar sustentável, a informação sobre o custo real de produção e distribuição ao consumidor, o investimento financeiro em projetos sustentáveis, entre outras.

Entre as startups convidadas, estiveram presentes Guilherme Pereira da Portugal Bugs, João Rito da SEAentia, Jorge Almeida da Terraguar, Pedro Santos da Agrodrone, Francisco Manso da Trigger Systems e Nuno Brito Jorge da Go Parity, startup residente na Casa do Impacto.

O Santa Casa Challenge é um concurso promovido no âmbito da estratégia de investimento (link noticia fundo) da Casa do Impacto, que premeia soluções tecnológicas inovadoras que deem origem a dispositivos, aplicativos, conteúdos digitais, serviços web ou de comunicação, exequíveis do ponto de vista tecnológico.

Para concorrer basta preencher a candidatura acedendo aqui ao formulário.